Futebol no cinema II

 O Casamento de Romeu e Julieta

Num dia de jogos decisivos, como o deste domingo, 29 de novembro de 2009, resolvi comentar um lançamento cinematográfico de 2005:  “O casamento de Romeu e Julieta”, de Bruno Barreto. Cineasta conhecido, membro de importante família ligada à produção e direção fílmica.  Seu irmão, Fábio Barreto, encontra-se, ademais,  em voga pelo já polêmico “Lula, o filho do Brasil”, com estréia prevista para janeiro próximo. Com a assinatura de Bruno,  temos o grande sucesso “Dona Flor e seus dois maridos” (1976),  “O que é isso companheiro” (1997), o intrigante “O Beijo no Aslfalto” (1980) ,  “Última Parada 174” (2008) etc.  ( i )

Uma palavra inicial veio à mente quanto ao nosso filme de hoje: surpreendente. A história se anuncia, de antemão. Romeu e Julieta em São Paulo: Coríntias e Palmeiras, futebolisticamente. De cara somos apresentados ao enredo. O filme certamente tratará de um relacionamento quase impossível; de uma sucessão de episódios cômicos e de desencontros.  Certamente terminará com um desfecho/reconciliação feliz. E é isso mesmo.

Não obstante, funciona. O filme é ágil, os atores dão conta, o humor não é pra gargalhar, mas pra rir. Em suma, um entretenimento bacana, bem filmado; enxuto. O link com Shakeaspeare é bem atualizado, realçando o caráter universal do tema do amor proibido (com a respectiva eliminação dos aspectos trágicos: é uma comédia, é claro). Aliás, o nome da palmeirense Julieta (a sempre espetaculosa Luana Piovani) não é uma homenagem ao ilustre bardo inglês, mas uma combinação de nomes de dois ídolos do clube:  Julinho, ponta direita e Echevarrieta, centro avante.  Juli + eta…!  Montechios e Capuletos, obviamente, correspondem aos times rivais: clãs/grupos/clubes irreconciliáveis,  a não ser pela força do amor. 

Numa linha também cômica, poderíamos traçar alguns paralelos com “O Corintiano”, obra do já longínquo ano de 1966, estrelada por Mazzaropi, no papel título.  Mas isso fica pro próximo post.

Abraços,

( i ) Agradeço a correção do competente colega  e atento leitor, Antônio Cícero, pelas correções de atribuição feitas em 30 de novembro.  

 

Ficha técnica
Título Original: O Casamento de Romeu e Julieta
Título em Português: O Casamento de Romeu e Julieta
País de Origem: Brasil
Lançamento: Agosto 2005
Ano de Produção: 2004
Diretor: Bruno Barreto
Estúdio: LC Barreto & Filmes do Equador
Tempo de Duração: 93 min. aprox.
Elenco: Luana Piovani, Luís Gustavo, Marco Ricca
Gênero: Comédia
Classificação Indicativa: 12 anos

Fonte (ficha técnica e imagem):  www.filmes.net/casamento

Consultado em 29 de novembro de 2009.

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: