Esporte e voluntarismo na Australia

Por – Jorge Knijnik

O grande historiador e filosofo do esporte, o australiano nascido em Adelaide Daryl Adair uma vez ja chamou o esporte de ‘a vaca sagrada’ da Australia. Os brasileiros tem uma visao da Australia sendo um ‘paraiso esportivo…’; talvez pela quantidade de medalhas olimpicas e pelo sucesso deste pais no esporte de rendimento, ficamos achando que a Australia deve ser ‘tudo de bom’ nesta area… Se voce pegar seu carro e sair pelas ruas de Sydney e adjacencias em um sabado ou domingo a tarde, ira ver centenas, melhor,milhares de criancas e jovens e adultos e gente de todas as idades, culturas, sexos, cores, jogando uma diversidade incrivel de modalidades. Rugby (dois tipos diferentes), cricket, futebol (o ‘nosso’…), futebol australiano (sim, aqui joga-se Australian Football Rules, o ‘footy’, um jogo bem interessante, dezoito de cada lado! Com liga profissional, TV, bons salarios e bastante gente jogando ‘for fun’ tambem); netball, baseball (e suas derivacoes) entre varios outros. No seu passeio, o visitante ira’ tambem ver centenas (isso mesmo) de grandes campos gramados (o que eles chamam de ‘oval’) ocupados por estas pessoas, espacos publicos comunitarios para a pratica esportiva.
Para quem gosta, isso e’ muito legal! Muita gente olhando, jogando, se divertindo, competindo… Mas tem uma coisa que vai chocar o leitor brasileiro, principalmente se ele for professor de Educacao Fisica (como eu, alias) ou, nos tempos atuais, ‘profissional de EF’, com registro em algum Conselho Regional da area… Este esporte de final de semana, praticado por milhares de pessoas, e’ totalmente organizado, dirigido e coordenado por… voluntarios! Isso mesmo, managers, organizadores, tecnicos e professores sao voluntarios, pais ou maes ou pessoas da comunidade que se voluntariam para tocar o time dos seus filhos e filhas, irmaos menores, amigos, tanto para dar treinos, preparar as tabelas, pintar as marcacoes dos campos, vender na cantina, arrecadar fundos para os clubes, fazer o churrasco, enfim, tudo o que se refere aos clubes onde o ‘esporte de base’, ou o esporte ‘participativo’ acontece, e’ tocado basicamente por voluntarios, sem formacao em EF! Alias, pouca relacao a EF tem com este esporte por aqui…
Chocado?Revoltado? Acha que o Conselho Brasileiro devia processar todos os sem-registro australianos? Olha, mas esta e’ a tradicao aqui, o voluntariado, as pessoas fazendo coisas por sua comunidade. Eu, como bom professor de EF, estranhei no comeco – onde estao os profissionais? O que este pessoal entende de movimento humano? Mas me voluntariei para ser tecnico de um time de futebol Under -6… Foi uma farra, dirigir aquela molecadinha nos treinos semanais e nos jogos aos sabados de manhazinha … Jogamos mais de duas dezenas de joguinhos de ‘small-sided soccer’, 4X4 com campinho pequeno e golzinho em ‘ovals’ espalhados por Sydney… Sempre com uma intensa vibracao da comunidade voluntaria organizando tudo.
Mas a pulga continuava atras da minha orelha,afinal, voluntarios nao entendem muito de esporte…
A resposta veio neste verao, quando uma tragedia natural quase que destruiu a terceira maior cidade australiana: Brisbane, capital de Queensland, foi inundada pelo rio que corta a cidade, eles chamaram isso de ‘Tsunami in-land’, realmente, horrivel e impresssionante a destruicao…
Momentos de tristeza e terror.
Quando as aguas abaixaram um pouco, as pessoas comecaram a voltar para suas casas, alagadas, destruidas, cheias de lama, etc… E simplesmente comecou um transito nas entradas da cidade, lotadas, entupidas por nada menos que 24.000 (isso mesmo, vinte e quatro mil) voluntarios, que sairam de suas casam por toda a Australia, pegaram seus carros, pegaram avioes, para ajudar a reconstrucao da cidade… Velhos, mulheres,criancas, gente de todas as culturas,nacionalidades, sexos, idades…Algo lindo, impressionante, tocante!
Ai eu entendi aonde nasce este espirito voluntario… E que nos campos esportivos se aprende muito mais do que tecnicas esportivas ensinadas por profissionais, se aprende a construir uma alma comunitaria!
Na proxima vez, vou falar das maluquices que os australianos fazem sobre esportes… e compara-las com os sulamericanos…Quem sera mais louco?

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: