Charadinha Esportiva – número 2 – setembro de 2015

Por Victor Andrade de Melo

.

Segunda edição da brincadeira informativa. Foi enviado ao grupo uma fotografia, perguntando-se duas questões: a) que lugar é esse do Rio de Janeiro; b) que práticas esportivas havia no lugar.

Alguns chegaram bem próximo, outros nem tanto. O mais bacana foi a brincadeira. Segue abaixo a resposta.

.

Foto publicada na revista Brasil Constrói, nº 4, de 1949. www.flickr.com/photos/flaviorio/3388188995/in/photostream/

Foto publicada na revista Brasil Constrói, nº 4, de 1949.
http://www.flickr.com/photos/flaviorio/3388188995/in/photostream/

.

A fotografia foi publicada numa revista chamada Brasil Construir, em 1949. A Enseada de Botafogo tem esse aspecto monstruoso por estar em pleno processo de aterro para a construção da atual Avenida das Nações Unidas (aquela de trânsito expresso).

Para que todos saibam exatamente onde é, o círculo vermelho marca uma piscina que estava construída dentro do mar, uma iniciativa do Clube de Regatas Guanabara, fundado em 1899, a partir de uma dissidência do Vasco (que nessa ocasião se instalou na Praia de Santa Luzia, Centro). Vejam as duas imagens abaixo.

.

Sede do Clube de Regatas Guanabara. Disponível em http://www.rioquepassou.com.br/2005/06/01/clube-de-regatas-guanabara-i/

Sede do Clube de Regatas Guanabara.
Disponível em http://www.rioquepassou.com.br/2005/06/01/clube-de-regatas-guanabara-i/

.

.

Pois bem, temos aqui, na época, 4 modalidades: remo, natação, saltos ornamentais, o polo aquático. Algumas dessas eram também praticas em outra gloriosa agremiação, o Clube de Regatas Botafogo, na imagem marcada em azul. Vejam abaixo uma foto da linda sede.

.

Sede do Clube de Regatas Botafogo. Disponível em http://cacellain.com.br/blog/?attachment_id=25160

Sede do Clube de Regatas Botafogo.
Disponível em http://cacellain.com.br/blog/?attachment_id=25160

.

Hoje no local se encontra aquele prédio marrom horroroso, um shopping. Por que parecem tão distantes, nos dias de hoje, essa edificação e o Guanabara (que está por lá, do outro da rua)? Porque pelo meio dos dois clubes passou o Túnel do Pasmado, construído entre 1947 e 1952. Vejam a imagem abaixo:

.

Do lado direito, sede do Clube de Regatas Botafogo; do lado esquerdo, sede do Clube de Regatas Guanabara; ao fundo o Túnel do Pasmado. Fotografia de Jean Manzon.

Do lado direito, sede do Clube de Regatas Botafogo; do lado esquerdo, sede do Clube de Regatas Guanabara; ao fundo o Túnel do Pasmado.
Fotografia de Jean Manzon.

.

A essa altura, o Clube de Regatas Botafogo já tinha se unido com o Botafogo Futebol Clube dando origem ao atual Botafogo de Futebol e Regatas. Pois bem, na imagem vemos, marcado em laranja (no canto superior esquerdo), o mítico estádio da Rua General Severiano. Observem bem e verão em frente a atual Casa Daros. Abaixo, uma foto do mítico campo.

.

Sede de General Severiano, 1925.

Sede de General Severiano, 1925.

.

Lembremos que ali bem próximo do Guanabara e do Botafogo fora construído o Pavilhão de Regatas, uma iniciativa de Pereira Passos, inaugurado em 1905, instalado entre as Ruas D. Carlota (atual Visconde de Ouro Preto) e São Clemente, aproximadamente onde está na imagem marcado em verde (na ocasião já fora destruído). Vejam abaixo uma das muitas lindas fotos que existem do Pavilhão.

.

Postal de A. Ribeiro. Coleção Klerman Wanderley Lopes.

Postal de A. Ribeiro.
Coleção Klerman Wanderley Lopes.

.

Bem pertinho do Pavilhão, na imagem apontada pela seta vermelha, se encontrava a sede de uma importantíssima agremiação, uma das mais importantes da história do remo na cidade, o Clube de Regatas Guanabarense, fundado em 1874, dando sequência à experiência dos anteriores Clube de Regatas e Clube Guanabarense. A última sede ainda está de pé, hoje ocupada por uma escola (durante anos foi o famoso Andrews, vejam a imagem abaixo).

.

Sede do Guanabarense ocupado pelo Andrews, década de 1970. Acervo Fundação Rui Barbosa.

Sede do Guanabarense ocupado pelo Andrews, década de 1970.
Acervo Fundação Rui Barbosa.

.

Pois bem, esse clube ofereceu também corridas de velocípedes (antecedentes da bicicleta) e patinação. Mas já que estamos falando daquela imagem, citemos que outro clube semelhante existia na mesma Praia de Botafogo, o Velódromo Guanabara, que também acolheu um museu de cera (Pantheon Ceroplástico) e um cinema. Inaugurado em 1893, chamava a atenção por sua pista de cerca de 200 metros. Na imagem, vemos marcado em amarelo o provável lugar do Velódromo Guanabara, na esquina de Rua São Clemente. Abaixo, uma propaganda do local.

.

Revista Teatral, 15 set. 1894.

Revista Teatral, 15 set. 1894.

.

A patinação foi também praticada num dos mais belos edifícios que foram construídos na Praia de Botafogo, até hoje lembrado nas referências orais, o Pavilhão Mourisco, cujo local está na imagem marcado em marrom (na ocasião já estava destruído). Abaixo vemos uma foto da edificação (bem como, ao fundo, do Pavilhão de Regatas).

.

Pavilhão Mourisco. Acervo Biblioteca Nacional. Uma bela animação do Pavilhão pode ser vista em https://www.youtube.com/watch?v=KKcC2IIfjUo

Pavilhão Mourisco.
Acervo Biblioteca Nacional.
Uma bela animação do Pavilhão pode ser vista em https://www.youtube.com/watch?v=KKcC2IIfjUo

.

Voltemos à imagem. Vejamos a linha reta lilás. Pois bem, já com a Avenida das Nações Unidas construída, o bairro acolheu algumas provas de automobilismo. Realizado em 1956, o Circuito de Botafogo acabou de alguma forma aproveitando o entusiasmo que cercava o Circuito da Gávea, que se extinguira dois anos antes. A competição despertou interesse e atraiu grande público. O afluxo foi tão intenso que as autoridades municipais, inclusive o prefeito Negrão de Lima, tentaram cancelar a prova no dia, por preocupações com a segurança. Depois de muita negociação, acabou-se mantendo a competição, só que com metade da extensão inicialmente prevista (caiu de 30 para 15 voltas).

.

Acervo Paulo Scali.

Acervo Paulo Scali.

.

Acervo Última Hora.

Acervo Última Hora.

.

Se a imagem fosse um pouquinho maior para a esquerda (ver seta azul), poderíamos ainda falar do iatismo e da aviação, praticados no Fluminense Yacht Club, tema que abordaremos em outra ocasião, até porque já está longa essa charadinha esportiva.

Não posso concluir sem fazer referência, contudo, a algo que o Maurição identificou. Nas suas respostas, ele falou de corridas de cavalos na região. Eu retruquei que foram na Praia da Saudade, um pouco mais adiante. Ele lembrou que leu em um artigo meu que houvera corridas por ali também…verdade! Valeu Maurição!

Com largada na altura da Rua São Clemente e chegada na antiga casa da Carlota Joaquina (hoje seria localizada na esquina com Marquês de Abrantes), em 1825 foram realizadas corridas de cavalos em homenagem a Charles Stuart, que viera trazendo o acordo de reconhecimento da independência brasileira por parte de Portugal. A ocasião contou com a presença das maiores autoridades da ocasião, inclusive do imperador d. Pedro I, merecendo destaque em todos os jornais da época (para quem quiser saber mais, ver aqui http://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/viewFile/18308/15941).

De fato, poucos lugares no Rio de Janeiro são tão esportivos quanto Botafogo!

.

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: