Os clubes dos trabalhadores de Belo Horizonte na década de 50

Por André Schetino

Olá amigos e amigas do História(s) do Sport.

No post de hoje vou falar um pouco sobre os clubes esportivos de Belo Horizonte. Esse foi o tema de um dos meus primeiros posts aqui no blog, quando falei do Minas Tenis Clube.

Dessa vez, porém, vou falar especialmente do crescimento dos clubes esportivos comparados com o crescimento da cidade de Belo Horizonte. Alguns desses clubes eram voltados para os trabalhadores da indústria e do comércio da cidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A cidade de Belo Horizonte passou por um processo de grande crescimento demográfico e espacial entre as décadas de 40 e 60. Nessa época a cidade cresceu até seus limites com diversos municípios vizinhos, e a população quase dobrou a cada 10 anos.

População de Belo Horizonte 1940-1965

Ano  –  Nº de habitantes
1940 – 177.004
1950 – 338.585
1960 – 642.912
Fonte: Censo IBGE, apud PATARRA, 2004, p. 262; MINAS GERAIS 1966, p.18

Esse crescimento aconteceu especialmente pelo processo de industrialização colocado em prática na cidade. Podemos citar como exemplo a instalação da Cidade Industrial, em 1941, que foi crescendo e agregando cada vez mais indústrias durante as décadas seguintes.

A cidade estava cheia de trabalhadores, a industria e o comércio a pleno vapor. Com tantos trabalhadores na cidade, eles logo buscariam por um elemento fundamental na vida: a diversão.

E é aí que entram os clubes esportivos, local fundamental para o lazer do trabalhador de Belo Horizonte na década de 50.

Uma breve pesquisa mostra como esses clubes cresceram na cidade, no mesmo período em que avançou também o processo de industrialização. Abaixo eu montei uma tabela que mostra alguns dos principais clubes da cidade, sua ligação com os trabalhadores, e a data de sua criação.

Clube Bairro Fundação
Clube Campestre Belo Horizonte Nova Lima 1951
Associação Atlética dos Funcionários do Banco do Estado de Minas Gerais Ouro Preto 1953
Associação Atlética do Banco do Brasil – Belo Horizonte Pampulha 1953
Clube dos Viajantes e Vendedores Comerciais (atual Clube Recreativo Mineiro) Carmo 1954
Círculo Militar Gutierrez 1954
Barroca Tênis Clube Gutierrez 1957
Clube do Ipê (Belgo Mineira) São Luiz 1959
Pampulha Iate Clube Pampulha 1961
Jaraguá Club Jaraguá 1961
Oasis Clube Santa Tereza 1962

Os clubes da lista atendiam as diversas camadas sociais da cidade. Desde militares, bancários, comerciantes e trabalhadores da indústria, passando também por alguns clubes que nasceram em bairros mais abastados da cidade.

Esse crescimento contribuiu para a cultura esportiva da cidade de Belo Horizonte e fez com que os clubes esportivos se tornassem populares na cidade. Até hoje BH é conhecida pelos seus muitos clubes esportivos, movimentando o lazer dos seus habitantes.

*           *          *

O ano se encerra e gostaria de agradecer a todos vocês, leitores e leitoras do História(s) do Sport. No ano que vem estou de volta junto com esse time maravilhoso do Laboratório Sport.

Desejo a você Boas Festas e um ano de 2016 repleto de alegrias.

André Schetino

 

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: