Um olhar sobre as revistas, Abrahão Saliture, Barra da Tijuca: coleção “História do Esporte: Olhares e Experiências”

Por Victor Andrade de Melo

.

Periódicos são das mais importantes agências do campo científico. Cumprem uma função fundamental. Merecem ser respeitados e valorizados, ainda mais em momentos tão obscuros, marcados pelo ataque à ciência. Isso não significa, todavia, que não possam ser criticados.

Não é nosso intuito produzir um tratado sobre o tema. Antes de qualquer grande reflexão sobre o assunto, o que nos move é nossa experiência concreta de autores, pareceristas e editores. Alguns dissabores que temos enfrentado não nos parecem ocorrências individuais, mas manifestações de problemas generalizados que talvez mereçam maior atenção.

Podemos resumir nossas impressões, de forma pontual, em três itens:

a) revistas cada vez mais burocráticas, com cada vez mais exigências formais, cada vez mais limites e menos espaço para a inovação;

b) pareceristas cada vez menos atentos a uma visão global do conhecimento, presos a minúcias, sem disposição de estabelecer debates a partir de seus pontos de vista (nem sempre suficientemente embasados);

c) editores cada vez menos editores, cada vez mais organizadores, cada vez menos dispostos a efetivamente intervir no delineamento de um perfil que aponte para um periódico que realmente possa oxigenar o campo e não só cumprir determinados requisitos.

Obviamente, não se trata de culpar revistas, pareceristas e editores. O problema é complexo e requereria análises e respostas mais profundas. O centro da questão é a própria forma como a ciência em geral tem sido concebida no mundo, em especial no Brasil.

Como dito, nosso intuito não é estabelecer esse debate, mas procurar alternativas. Uma que encontramos para seguir investigando à busca de abordagens e temas inovadores, considerando inclusive outros formatos de difusão das pesquisas, bem como tendo em conta a falta de recursos, foi lançar uma coleção de e-books na qual poderíamos fazer circular mais livremente o conhecimento produzido.

A coleção “História do Esporte: olhares e experiências” tem por objetivo apresentar estudos inovadores sobre as práticas corporais institucionalizadas e práticas de entretenimento. São e-books disponibilizados de forma gratuita. Trata-se de uma produção de baixo custo que tem por intuito central divulgar investigações que por seu formato encontram menor possibilidade de veiculação nos meios científicos tradicionais. É permitido o livre uso desde que citada a fonte.

Estamos lançando os dois primeiros títulos

* A Barra da Tijuca, os Clubes Recreativos e o Processo de Urbanização

Victor Andrade de Melo e João M. C. Malaia dos Santos

Capa.Ebook.Barra

O intuito do livro é – a partir de diálogos entre olhares advindos da História, da Geografia e dos Estudos Culturais – debater a ocupação recente de uma das áreas da cidade do Rio de Janeiro, a Barra da Tijuca, tendo a nos guiar a estruturação de clubes recreativos, um indicador de processos de urbanização.

Livro disponível aqui: suburbio.barra.clubes.geral.2021.EBOOK

.

* “Braço é Braço”: o Sportsman Abrahão Saliture

Victor Andrade de Melo

caoa.ebook.abrahão.

O livro aborda a carreira de um dos mais notáveis atletas brasileiros, lamentavelmente hoje pouco lembrado. Traça um panorama do Rio de Janeiro das décadas iniciais do século XX, especialmente da região na qual desempenhou parte significativa de sua carreira atlética – foi filiado ao Clube de Regatas São Cristóvão.

Livro disponível aqui: Abrahao.Saliture.EBOOK.2021

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: